Temperaturas devem cair a partir desta terça

  • 27/07/2021
  • 0 Comentário(s)

Temperaturas devem cair a partir desta terça

Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná - Simepar, a partir de hoje, terça-feira (27), o avanço de uma massa de ar polar deve trazer chuva e derrubar as temperaturas para todo o Estado.

Os técnicos do órgão afirmam que, de fato, a massa de ar polar que se aproxima deve acarretar no registro das menores temperaturas do ano. No entanto, devem permanecer dentro dos padrões típicos do inverno do Sul do Brasil.

O eventual estabelecimento da massa de ar polar deve favorecer um “acentuado declínio das temperaturas a partir de quarta-feira (28)”, condição que deve se manter na quinta-feira (29), com previsão de geadas amplas no Paraná.

Conforme a previsão do tempo, as temperaturas devem começar a subir gradualmente no final da semana, caso uma nova frente fria não se forme nos próximos dias.

Aqui em Rio Negro, segundo o Simepar, as temperaturas devem ficar na casa dos 5° e 18° na terça (27), -2° e 11° na quarta (28) e -2° e 10° na quinta (29).

Alerta de Geada

Na madrugada desta quarta-feira (28), ainda são previstos chuviscos ocasionais no Paraná por causa da passagem da frente fria, contudo o destaque será a mudança brusca da temperatura do ar devido a chegada de uma intensa massa de ar frio e seco (de origem polar), que vai causar o declínio muito acentuado da temperatura, primeiramente nas regiões de fronteira com o Paraguai e a Argentina e divisa com Santa Catarina. Até a noite o anticiclone frio atinge todas as regiões do Paraná.

Frio intenso

O frio previsto pode ser até mais intenso, se comparado com as baixas temperaturas dos últimos dias. “Teremos um declínio razoável de novo. Como a atmosfera atual tem o frio como característica, o frio atual pode potencializar o comportamento da nova massa de ar. Mas a massa de ar frio vem depois da chuva, que em alguns pontos pode chegar de forma razoável”, revela o meteorologista Fernando Mendes, do Simepar.

A frente fria é como um para-choque, uma região de fronteira entre uma massa de ar mais aquecida e outra com ar mais frio. “É justamente nessa região de fronteira que gera instabilidade. A medida que a massa de ar frio avança, ela empurra esse sistema. A chuva antecede essa condição de resfriamento”, explica.


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes